Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Risco Contínuo

Estrada dos bravos, blog dos livres

Risco Contínuo

Estrada dos bravos, blog dos livres

04
Mar13

mais do mesmo


Sofia de Landerset

 

Oiço uma conversa de café sobre a Irene, uma mulher que, apesar de apanhar regularmente cargas de pancada por parte do marido, insiste em ficar com o dito.

Este fim de semana, a Irene foi parar mais uma vez ao hospital. Teve alta, o marido foi buscá-la e foram para casa.

As senhoras à volta da mesa, escandalizadas, não compreendem como é possível que a mulher, logo à primeira investida do tipo, não tenha virado as costas e saído porta fora para nunca mais voltar.

 

A violência doméstica é uma coisa horrível. Ninguém compreende como há mulheres (e homens) que suportam calvários destes. Toda a gente condena este tipo de situação - e bem.

 

O que eu não percebo é porque é que estas pessoas, que apanham cargas de pancada de sucessivos governos do 'bloco central', insistem em votar no mesmíssimo bloco central, legislatura após legislatura.

Somos abusados, dia após dia, mas continua-se a votar pêésse ou pêéssedê, como se o resultado final não fosse indeferenciado e sobejamente conhecido. E invariavelmente mau.

 

Longe de mim recomendar novo 'marido' para este povo tão vergastado. Mas enquanto regressarmos sempre aos mesmos abusadores, escusamos de nos escandalizar com as Irenes. 

06
Fev13

economias


Sofia de Landerset

A imensa generosidade de uma amiga levou-me, por uns dias, até à Holanda.
E foi assim que na semana passada dei comigo no maior mercado de Haia, o Haagse Markt. Funciona ao ar livre, que holandês que se preze não teme intempérie, e não posso deixar de recomendar a quem vá para aquelas bandas, que empregue um par de horas a dar uma volta por este espaço.
Para além de ser um belíssimo entretém, e uma bela desculpa para comer umas 'patat met mayo' (experimentem também com molho de amendoim), o mercado tem uma vertente... digamos, educativa.
É que uma pessoa vai daqui convencida que aquele país faz parte da mesma União Europeia que o nosso. Que as regras são as mesmas, que o controlo é o mesmo, que a fiscalização, se não é a mesma, será ainda mais rigorosa, pois a Holanda é um país 'desenvolvido'.
Pois naquele mercado, para além de se vender fruta e legumes à peça - prática que se estende a qualquer supermercado, de resto -, é possível comprar o conteúdo de um alguidar, geralmente fruta ou legumes, por um valor fixo, geralmente um euro.
Sim, um euro pelo conteúdo do alguidar.
A sorte deles é que ainda não apareceu lá nenhum imbecil político português com uma ASAE debaixo do braço. 
Já agora, quando lá forem, comprem qualquer coisita e experimentem pedir uma factura. Depois contam-me como foi.

Pesquisar

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Publicidade

Comentários recentes

Links

_EM DESTAQUE

_RISCOS ASSUMIDOS

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D