Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Risco Contínuo

Estrada dos bravos, blog dos livres

Risco Contínuo

Estrada dos bravos, blog dos livres

23
Set09

As "certezas" do Sr. Crespo


Pedro Quartin Graça

A delirante imaginação do Sr. Crespo hoje no Jornal de Notícias e as suas "certezas": "Cavaco Silva deve ter tido uma birra monumental com a sua Casa Civil e mandou perguntar ao amigo do jornal: "Sócrates está quase a ser reeleito e essa notícia não sai"? Como o que tem de ser tem muita força, a história lá saiu. Mal-amanhada, mas era o que se podia arranjar. Lá se meteu a Madeira no meio porque, como ninguém gosta do Jardim, gera-se logo um capital de boa vontade. Depois, como tinha pouca substância, puseram na mesma página duas colunas ao lado a dizer que, há uns anos, o procurador-geral da República tinha dito que também estava a ser escutado, e a encomenda ficou mais composta. Que interessa que tudo isto seja bizarramente inverosímil? Nos média, o que parece, é. Cavaco Silva julga que está a ser escutado, portanto, está a ser escutado, tanto mais que o seu recente depoimento presidencial é que "não é ingénuo". Com tudo isto, fica-me uma certeza. O trabalho de reportagem do "Diário de Notícias" é das mais notáveis e consequentes peças jornalísticas na história da Imprensa em Portugal. O e-mail com registos claros da encomenda feita por Fernando Lima não é "correspondência privada" que se deixe passar pudicamente ao lado. É uma infâmia pública de gravidade nacional que exige denúncia. Invocar aqui delações, divulgação de fontes ou violação de correspondência é desonesto. Ao ver o presidente e a Casa Civil metidos nisto fica-me também uma inquietante dúvida. Aníbal Cavaco Silva, referência do PSD, ainda tem condições para continuar a ser o presidente de Portugal depois de causar uma trapalhada desta magnitude a dias das eleições?"

 

Não haja dúvidas que este senhor tem uma imaginação fértil. Mas não terá mesmo mais nada para se entreter? Por exemplo procurar fazer jornalismo a sério e com um bocadinho, um bocadinho de isenção que fosse? Já não seria pedir muito...

24
Mai09

A cruzada da SIC - Notícias contra o MPT


Pedro Quartin Graça

Na primeira vez já era abuso. A segunda vez foi demais. A terceira vez permitiu que a máscara caísse de vez. Falo da SIC - Notícias e da verdadeira cruzada que esta desenvolve contra a candidatura do Partido da Terra ao Parlamento Europeu. E digo cruzada porque, não bastasse já o exercício de lamentável "jornalismo" protagonizado por Mário Crespo nos passados dias 14 e 15, de novo nesta sexta-feira no programa semanal apresentado por Ricardo Costa voltaram as estafadas afirmações sobre o MPT, agora transformado (pasme-se!) em "barriga de aluguer" do novel movimento pan-europeu Libertas, entre outras falsas considerações sobre o alegado recebimento de uma verba astronómica que nos teria feito ricos...

Estranho jornalismo este que é incapaz de compreender o que são valores e causas comuns a pessoas por essa Europa fora. Miserável postura esta que, ao invés de se precupar com os orçamentos dos partidos que gastam verbas astronómicas do erário público, de dinheiro pago por todos nós, apenas encontram problemas em escassos donativos particulares de pessoas singulares. No fundo, e para não variar, a costumeira ausência de rigor e de verdade.

A mesma ausência de rigor e de verdade, aliás, de que deram mostra os mesmos senhores quando imputaram ao Libertas a autoria de um ofensivo logotipo anti-União Europeia. Estranhando a exibição daquele bizarro logo a que pretenderam associar a candidatura do MPT, em escassos cinco minutos de busca na Internet desmontei o logro em que dezenas de milhares de telespectadores foram induzidos.

Afinal a autoria do logo não era do Libertas mas de opositores deste movimento... 

Quanto à concepção de jornalismo e de rigor da SIC - Notícias estamos falados.

Quanto ao resto, tudo será tratado nos locais próprios que a SIC - Notícias já bem conhece. 

E a pergunta surge de novo: o que faz correr a SIC - Notícias?

Pesquisar

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Publicidade

Comentários recentes

  • Anónimo

    Exmo. Senhor;Gostaria de saber se possível, o loca...

  • Ribeiro

    Parabéns pelo texto, coragem e frontalidade, apoia...

  • Anónimo

    Perfeito todo este artigo!!!

  • Anónimo

    O acto da "escolha" de um Rei, em sim mesmo, é men...

  • José Aníbal Marinho Gomes

    Resposta da Senhora Deputada Dr.ª Ilda Maria Arauj...

Links

_EM DESTAQUE

_RISCOS ASSUMIDOS

Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D