Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Risco Contínuo

Estrada dos bravos, blog dos livres

Risco Contínuo

Estrada dos bravos, blog dos livres

13
Jul09

Ainda bem que este mundo é redondo, pois ele está definitivamente a virar ao contrario: a propósito das mexidas e remexidas na TSF, soube há minutos por um colega blogger que ele acabara de receber um Press Release com esclarecimentos da própria rádio-notícias. 

De resto, com a modéstia inerente a um pequeno blogue como o nosso, prometo que, se a TSF nos enviar o tal comunicado, dar-lhe-emos a nossa melhor atenção!

22
Mai09

...que acompanho desde o seu início, é de que este se parece com uma pequena “revista” diária, com uma qualidade acima da média e um grafismo requintado. Ora, acontece-me que a sua leitura, que considero agradável, me deixa "atravessado", não "mata" o meu desejo de procurar um periódico, digamos, “clássico”; com o tradicional noticiário de política, sociedade, local e desporto; com calendário, tabelas classificativas e o diabo a sete. De resto, gosto particularmente da edição de fim-de-semana, não só porque tenho então mais tempo para lê-lo, mas por causa da supimpa revista colecionável que traz - aguardo com curiosidade algum tema pelo qual eu nutra maior afinidade.
Após o célebre recrutamento on line de um ilustrador, o aspecto que mais me desiludiu foi a ausência de Banda Desenhada digna desse nome: no i, não encontramos nem um gag, nem uma tirazinha, nem uma caricatura, para além daquela inusitada rubrica ilustrada nas páginas centrais. Tanto espaço para tão pouco...
Para além de eu considerar esta forma de expressão artística tão ultrapassada quanto os próprios jornais, tenho para mim que são estes ainda o seu suporte por excelência, e que a Nona Arte, em conjunto com outros conteúdos gráficos, pode proporcionar cativantes momentos de puro entretenimento. Parece-me que a maior parte dos editores dos jornais não tem sensibilidade alguma para o assunto: quando publicam “bonecos” não importados, mesmo dirigidos aos mais pequenos são sempre estranhíssimos, meio impressionistas ou “alternativos” com pretensões intelectuais. Eu para puxar pelo intelecto vou ao Museu do Chiado e ando a ler o Em Busca do Tempo Perdido, que ainda não cheguei a meio. 
De resto esta é quanto a mim uma lacuna generalizada na imprensa portuguesa, que continua sem conseguir seduzir as gerações mais jovens e que se recusa entreter os mais velhos com coisas saudáveis. Que eu saiba em muitas casas ainda se consome histórias aos quadradinhos. Talvez não sejam exemplo, mas os meus miúdos ainda se divertem a ler um “patinhas”, um Tintim ou uma tira do Calvin, actividade que constitui uma salutar alternativa ao computador e à televisão.

07
Mai09

Talvez por alguma saudável inocência, vibro sempre com o nascimento de um projecto editorial deste calibre: por algum estranho mecanismo psicológico estes acontecimentos auguram-me um novo ciclo da vida, quem sabe até da história. Sei que as coisas não mudam assim, e confesso que nestes tempos da Internet 2.0, um jornal diário pago seria o último negócio onde eu aplicaria as minhas poupanças. No entanto essa é uma forte razão para eu saudar a coragem de quem o fez, e principalmente aqueles que profissionalmente arriscam as suas carreiras. À experiência vou arriscar diariamente um euro. Alem duns quantos bons cronistas já prometidos, só espero do "I" a coragem para ser verdadeiramente independente. Da trilogia investidor/profissional/ leitor, tenho consciência que eu sou aquele que arrisco menos. Boa sorte a todos!

14
Abr09

 

A frase é do Paulo Pinto Mascarenhas, no programa "Descubras as Diferenças", na Rádio Europa, sobre o novo jornal "i", onde é editor e onde o Pedro Rolo Duarte será o director da revista. Podem ouvir aqui o podcast do programa, onde ambos se juntaram à conversa com a Antonieta Lopes da Costa e o André Abrantes Amaral.

 

O director do "i" é Martim Avillez Figueiredo, ex-director do DIário Económico, que promete ter o jornal nas bancas até ao final deste mês de Abril. Espero com sinceridade que este projecto corra pelo melhor e venha elevar efectivamente os padrões de qualidade dos jornais diários de âmbito nacional.

 

Muito mais modesto que o "i" vai correndo o meu jornal, o Portal Lisboa. Trata-se de um jornal mensal de âmbito regional, dedicado exclusivamente à cidade de Lisboa. Também ele ataca o público de classe A, mas ainda muito a classe B - espero que um dia o consiga evoluir para a "classe AA" de que o PPM nos fala na Rádio Europa.

Pesquisar

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Publicidade

Comentários recentes

  • Anónimo

    Exmo. Senhor;Gostaria de saber se possível, o loca...

  • Ribeiro

    Parabéns pelo texto, coragem e frontalidade, apoia...

  • Anónimo

    Perfeito todo este artigo!!!

  • Anónimo

    O acto da "escolha" de um Rei, em sim mesmo, é men...

  • José Aníbal Marinho Gomes

    Resposta da Senhora Deputada Dr.ª Ilda Maria Arauj...

Links

_EM DESTAQUE

_RISCOS ASSUMIDOS

Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D