Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Risco Contínuo

Estrada dos bravos, blog dos livres

Risco Contínuo

Estrada dos bravos, blog dos livres

29
Mai09

Com a devida vénia ao João Miranda no Blasfémias

 

Dias Loureiro vs. José Sócrates

 

 

Dias Loureiro

José Sócrates

Existem suspeitas vagas sobre Dias Loureiro, embora ainda ninguém lhe tenha atribuído um crime concreto. Terá participado num negócio fictício em Porto Rico? Terá mentido ao Parlamento? Charles Smith foi filmado a dizer que José Sócrates recebeu dinheiro para aprovar o Freeport. José Sócrates foi o responsável pela aprovação do Freeport nos últimos dias de um governo de gestão.
Autoridades portuguesas dizem que Dias Loureiro não está a ser investigado. Autoridades portuguesas dizem que José Sócrates não está a ser investigado.
Nenhuma autoridade estrangeiras está a investigar Dias Loureiro. As autoridades inglesas estão a investigar José Sócrates.
Oliveira e Costa diz que Dias Loureiro mentiu. Tinha interesse em dizer que mentiu. Charles Smith foi filmado a dizer que José Sócrates recebeu dinheiro para aprovar o Freeport, mas depois desmentiu a acusação. Tinha interesse em desmentir.
Dias Loureiro não é arguido. José Sócrates não é arguido.
Na SLN Dias Loureiro desempenhava funções privadas e tinha responsabilidades perante privados. No Ministério do Ambiente, José Sócrates desempenhava funções públicas.
Dias Loureiro era Conselheiro de Estado, nomeado pelo Presidente da República. Desempenhava cargo com pouco poder e baixo risco para o sistema. Foi dito que Dias Loureiro descredibilizava o Conselho de Estado. José Sócrates é conselheiro de Estado. Até ao momento, ninguém se lembrou de dizer que a sua presença no Conselho de Estado descredibiliza a instituição.
Dias Loureiro não era primeiro-ministro. José Sócrates é primeiro-ministro. Desempenha um cargo de muito poder e alto risco para o sistema.
Dias Loureiro não podia ser demitido pelo Presidente da República. José Sócrates pode ser demitido pelo Presidente da República.
Investigação do caso BPN prosseguiu de forma normal. Investigação do caso Freeport parou durante 4 anos. Lopes da Mota está a ser investigado por ter feito pressões sobre responsáveis pelo processo.
Cândida Almeida nunca deu entrevistas sobre o caso BPN. Cândida Almeida deu uma entrevista sobre o caso Freeport.
Dias Loureiro demitiu-se. José Sócrates não se demitiu.

 

12
Mai09

Os métodos são ancestrais: há pouco menos de cem anos o ministro da Justiça Afonso Costa deportava para a Goa um grupo de juízes do Tribunal da Relação de Lisboa como represália ao arquivamento dum processo contra João Franco por causa do célebre caso dos adiantamentos á Coroa (ler mais).

Hoje os jacobinos seus herdeiros conhecem bem a metodologia e procedem zelosamente em favor do seu "senhor": em encontros presenciais e conversas telefónicas, o presidente do Eurojust Lopes da Mota  terá dito aos dois procuradores que iriam "tramar-se", ou "sofrer represálias" - depende das versões de testemunhos - se não acabassem depressa com a investigação. Foi-lhes transmitido que o primeiro-ministro queria celeridade no processo e sublinhado o risco de perda da maioria absoluta. No i Online
 

12
Mai09

Talvez seja arriscado fazer comentários antecipando a confirmação de uma dada notícia, mas não deixa de ser preocupante o que se tem lido hoje na comunicação social sobre o caso Freeport.

A confirmarem-se as notícias que dão conta de pressões feitas aos magistrados encarregados da investigação ao processo Freeport pelo presidente do Eurojust, Lopes da Mota, vêm-se confirmadas as suspeitas de que muito continua por explicar no que a este processo diz respeito.

Devemos, naturalmente, aguardar pela conclusão das investigações e pelo eventual transito em julgado da decisão de um Tribunal, mas politicamente é impossível ignorar a premência de se discutir à priori toda esta problemática.

O que está em causa não é somente a justiça mas o funcionamento do país. Saber se José Sócrates está ou não envolvido num eventual crime de corrupção não é uma questão do foro privado do primeiro-ministro mas sim uma questão de natureza nacional - porque na altura dos factos Sócrates era Ministro do Ambiente e é actualmente Primeiro-Ministro - que urge esclarecer cabalmente.

O que é estranho é o facto de José Sócrates não ter conseguido, ou não ter querido demonstrar claramente que em nada está relacionado com este caso.

Assim, parece que continua a ardem em lume brando. Será que com tantos assessores ninguém é capaz de o aconselhar devidamente?

16
Abr09

O Público noticiou há pouco que ex-Ministro da Economia do PS, Mário Cristina de Sousa, está a ser ouvido na PJ, no âmbito do processo Freeport. Também a ser ouvido hoje está o advogado José Francisco Gandarez, sócio do escritório do dirigente do PSD Rui Gomes da Silva. Segundo o Correio da Manhã "terá sido uma sociedade de advogados do escritório de Gandarez e Antunes que enviou um documento onde se pedia quatro milhões de libras (à data 1,2 milhões de contos) para conseguir a legalização do empreendimento".
 

20
Fev09

Quem nunca deixou por declarar qualquer coisita na compra da casa, que atire a primeira pedra ao Sócrates - oh senhor das Finanças não olhe assim para mim, eu vivo numa casa arrendada!

Mas vamos lá ver, lá por o Sócrates ter comprado a casa a metade do preço de mercado, não quer dizer que tenha deixado qualquer coisita por declarar, simplesmente é um bom português, que gosta de saldos. Espertinho ele! Onde é que anda o Pinto Monteiro?

Pesquisar

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Publicidade

Comentários recentes

  • Anónimo

    Exmo. Senhor;Gostaria de saber se possível, o loca...

  • Ribeiro

    Parabéns pelo texto, coragem e frontalidade, apoia...

  • Anónimo

    Perfeito todo este artigo!!!

  • Anónimo

    O acto da "escolha" de um Rei, em sim mesmo, é men...

  • José Aníbal Marinho Gomes

    Resposta da Senhora Deputada Dr.ª Ilda Maria Arauj...

Links

_EM DESTAQUE

_RISCOS ASSUMIDOS

Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D