Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Risco Contínuo

Estrada dos bravos, blog dos livres

Risco Contínuo

Estrada dos bravos, blog dos livres

02
Out09

TVI diz que Costa está à frente de Pedro Santana Lopes


Pedro Quartin Graça

Na primeira sondagem pré-eleitoral realizada pela «TVI» tendo em vista a luta autárquica de Lisboa aponta para a vitória do actual presidente da câmara: António Costa. Santana Lopes já reagiu a esta projecção, afirmando que «deve ser verdadeira e corresponde à realidade das pessoas neste momento». No entanto, o candidato está confiante que está «no bom caminho» para recuperar e lembra que, «em 2001, também estava atrás» nas sondagens. Os resultados da projecção segundo a Projecção da Intercampus após voto em urna dão a António Costa 41,4%, deixando a coligação de Santana Lopes nos 33,1%. A CDU fica em terceiro lugar, com 10,4%, o Bloco não ultrapassa dos 8,3%.

02
Out09

Santana Lopes não se cala, e faz bem!


Pedro Quartin Graça

Pedro Santana Lopes afirmou esta sexta-feira, após o conselho do seu adversário do PS, que «não se cala» sobre o Parque Mayer e que António Costa anda «nervoso» e, por isso, deve ter «cuidado».

As declarações foram feitas aos jornalistas, à margem de uma arruada no Lumiar. «António Costa deve estar enganado quando pensa que uma ordem dele me faria calar sobre qualquer assunto», acrescentando, logo em seguida, que não tem «qualquer razão para ficar calado». Segundo escreve a agência Lusa, Santana reiterou que António Costa já anunciou «sete vezes nos últimos quatro meses» o início de obras no Parque Mayer e «nada começou». E sem medo de mais conselhos reafirmou que está ser promovido um festival que «custa quarenta mil euros por dia», pago «com o dinheiro do contribuinte quando devia ser pago pelo orçamento de campanha do Partido Socialista».

Uma boa sondagem Com alguma ironia acrescentou: «Hoje até vai sair uma boa sondagem para ele...foi infeliz quando falou do IPO, foi infeliz quando falou de questões criminais no Parque Mayer. Excede-se e se se excede é porque anda nervoso. Eu, com uma sondagem que me desse oito ou nove pontos de vantagem, só cantava de manhã à noite. Ele não, ele ataca de manhã à noite. Porque será?», questionou.

 

«Panela de interesses»

 

Já ontem à noite, Pedro Santa Lopes, num jantar com cerca de 350 candidatos da lista Lisboa com Sentido, que junta PSD, CDS-PP, MPT e populares monárquicos, tinha feito um forte ataque à «panela de interesses» entre socialistas no governo e na autarquia da capital, num discurso virado para o interior da coligação, escreve a Lusa. «Eles sabem que não somos como eles, porque não funcionamos na lógica de conveniência e conivência em que eles funcionam. Em Lisboa hoje está montada uma panela de interesses entre o governo do Partido Socialista e a Câmara governada pelo PS. Os lisboetas nem sonham o que se vai passando nas suas costas», acrescentou.

Frente a representantes de candidaturas a 27 freguesias da zona central e oriental da cidade, em que participou também Carlos Carreiras, o presidente da distrital de Lisboa, Santana Lopes recordou o legado de Sá Carneiro para dizer aos sociais-democratas para não terem «medo».

30
Set09

Tanta demagogia devia pagar imposto...


Pedro Quartin Graça

O candidato socialista à Câmara de Lisboa, António Costa, acusou esta manhã Santana Lopes de dar prioridade à diversão, em detrimento do tratamento do cancro.

Reagindo às declarações de ontem do seu rival, que prometeu que, caso ganhe as eleições, instalará uma nova Feira Popular no Parque da Bela Vista, em Chelas – no terreno que o actual executivo reservou para o novo Instituto Português de Oncologia –, António Costa não esteve com rodeios: “Acho extraordinário que ele dê prioridade à diversão. Já a nossa prioridade é a defesa da saúde, permitindo a criação de instalações para tratar o cancro”, observou, naquela que foi a sua primeira acção de rua de campanha eleitoral.

Já Pedro Santana Lopes, à frente da coligação que reúne o PSD, o CDS-PP, o Partido da Terra (MPT) e o PPM, defende que a decisão de levar o Instituto Português de Oncologia para a Bela Vista é errada, já que a zona “muitas vezes é palco de várias sessões de animação, barulho e ruído”, como o festival Rock in Rio.

Para António Costa, a haver um parque de diversões moderno que substitua a Feira Popular ele deverá ficar na zona Norte do Parque das Nações, no Parque Tejo e Trancão, não em Lisboa mas no vizinho concelho de Loures. “Não vou investir dinheiro nele”, avisou. “Será um projecto de investimento. Hoje em dia já não há feirantes”. Também Santana defendeu que a câmara não deve “gastar um tostão” no projecto, que no seu entender deverá assentar numa concessão a privados.

O assunto foi abordado ontem no blogue de candidatura de António Costa (http://unirlisboa.blogs.sapo.pt). “Para quê cuidados de saúde quando podemos ter farturas e algodão doce?”, interroga um post intitulado “Oeiras que fique com o Instituto Português de Oncologia, nós queremos é circo, festa e diversão”. Referindo a “difícil negociação” de António Costa para impedir que o instituto fosse transferido para aquele concelho, usa um tom irónico para descrever a posição de Santana Lopes: “Nada de hospital, venham os carrosséis, o poço da morte a as montanhas russas”.

 

Não esperava, confesso, tamanha demagogia por parte de António Costa. Lamentável!

Pesquisar

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Publicidade

Comentários recentes

  • Anónimo

    Exmo. Senhor;Gostaria de saber se possível, o loca...

  • Ribeiro

    Parabéns pelo texto, coragem e frontalidade, apoia...

  • Anónimo

    Perfeito todo este artigo!!!

  • Anónimo

    O acto da "escolha" de um Rei, em sim mesmo, é men...

  • José Aníbal Marinho Gomes

    Resposta da Senhora Deputada Dr.ª Ilda Maria Arauj...

Links

_EM DESTAQUE

_RISCOS ASSUMIDOS

Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D