Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Risco Contínuo

Estrada dos bravos, blog dos livres

Risco Contínuo

Estrada dos bravos, blog dos livres

15
Jan09

Andei toda a vida profissional a redigir e a comentar as notícias mais díspares e inimagináveis sobre crimes. E quando pensamos que já vimos acontecer tudo aos outros bate-nos à porta o inesperado. Ontem, por volta da hora de almoço estava numa das artérias concorridas da nossa Lisboa e ouvi um BMW a apitar, tipo chamamento. Olhei, não reconheci nenhum dos quatro indivíduos com cerca de 25 anos que se encontravam no interior do carro e não liguei. O carro avançou para junto de mim e um dos fulanos cumprimentou-me e perguntou-me como ia a vida.

- Vamos andando, mas não estou a ver quem é!

- Então, não sabe quem eu sou? Não me está a reconhecer?

- Não!

- Sou o filho daquele grande seu amigo onde você trabalhava!

- Em Macau?

- Isso, em Macau! Veja lá quem era o seu maior amigo... aquele amigo de peito que nunca o traíu... diga lá, quem?

Naquele momento eu já tinha caído na esparrela, convencido que se tratava mesmo de algum jovem filho de um grande amigo que mantenho em Macau. Disse o seu nome e acto contínuo o interlocutor do BMW, disparou:

- Esse mesmo! Está a ver como acertou! Sou eu, o filho!

- É pá, estás um pouco diferente... os anos passam e vocês crescem!

- Oiça, o pai chega na segunda-feira... vamos abrir uma loja no El Corte Inglês e gostava que o meu amigo fosse lá à inauguração... entre aí, vamos ali tomar um café que é para eu lhe entregar o convite e os meus contactos...

Respondi que estava com pressa, entreguei o meu cartão e disse para me contactar mais tarde. Como não recebi qualquer resposta enviei um e-mail ao tal amigo em Macau, dizendo-lhe que tinha tido a agradável surpresa de ver o seu filho e congratulei-me pela sua vinda a Lisboa para a abertura da loja.

Como resposta, há momentos, fiquei a saber que o meu amigo não tem a mínima ideia de vir a Portugal, não vai abrir loja nenhuma, o filho está lá com ele e que eu estive à beira de um sequestro...

1 comentário

Comentar post

Pesquisar

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Publicidade

Comentários recentes

Links

_EM DESTAQUE

_RISCOS ASSUMIDOS

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D