Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Risco Contínuo

Estrada dos bravos, blog dos livres

Risco Contínuo

Estrada dos bravos, blog dos livres

10
Jan09

 

Corta-me o coração a notícia (repetida em todos os meios de comunicação) de que, por pura negligência e abandono, o património histórico português está à beira da ruína. Corta-me o coração e revolta-me, para dizer a verdade. Não sou completamente insensível, garanto-vos: sei que, sobretudo nos tempos dramáticos que correm, as pessoas são mais importantes do que as pedras e há muitos fogos a que acudir, nas prioridades de uma crise avassaladora. E também sei que as auto-estradas aproximam pessoas, fazem chegar recursos a locais isolados e fomentam o desenvolvimento (não alinho é na demagogia barata de que reduzem os mortos na estrada, mas isso é outra conversa). Sei tudo isso. Mas também sei que, numa Europa cada vez mais normalizada, a cultura e a história de um povo são o seu único património identitário, a impressão digital que o distingue dos demais.

 

O património português tem um valor histórico invejável, a ponto de diversos monumentos e localidades terem sido reconhecidos internacionalmente como património universal. E aí é que bate o ponto, nesta triste história: a incúria a que o temos votado não melhora em nada as necessidades básicas das pessoas, uma vez que as verbas comunitárias que temos recebido para a sua preservação não são reversíveis para outras aplicações. Com esta atitude lamentável, apenas nos arriscamos a perder os fundos, os "selos" conquistados de património universal e a levar um puxão de orelhas público e internacional, que deveria deixar-nos envergonhados até ao tutano.  Não é isso que vejo nos nossos governantes, infelizmente. A cultura é uma bandeira eleitoral que se extingue depressa, mal os votos caem na urna. E, assim, o patimónio português - a nossa história, a nossa identidade, as nossas referências - reflecte bem o grau da nossa auto-estima: em ruínas.

 

14 comentários

Comentar post

Pesquisar

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Publicidade

Comentários recentes

Links

_EM DESTAQUE

_RISCOS ASSUMIDOS

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D