Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Risco Contínuo

Estrada dos bravos, blog dos livres

Risco Contínuo

Estrada dos bravos, blog dos livres

22
Dez08

 

Pois é, que isto de ser pai não é "moleza"!  E agora, com o natal a rondar-nos à porta, vamos ter mais provações! refiro-me, desta feita, aos brinquedos que os nossos filhos pequeninos vão receber! Só quem não tenha jovem descendência não sabe os perigos a que nos aventuramos agora, com a profusão de quinquilharia que nos vai invadir a casa!  Não é só nas lojas chinesas, mas sim uma moda corrente que faz que os actuais brinquedos sejam geralmente pequeninos, muito pequeninos, ou então que tenham adereços quase microscópios, quase sempre com formas pontiagudas ou similares! E, por mais que se queira, os infantes não são arrumados e têm uma natural tendencia para deixar esses brinquedos espalhados um pouco por toda a casa! Os mais frágeis, para desgosto dos petizes, são esmagados à primeira pisadela! Os mais rijos, esses, quais minas, esperam que lhes coloquemos os pés em cima... De preferência quando, descalços, os vamos reconfortar a meio da noite! Os urros, gritos ou gemidos doloridos que então abafamos, entre impropérios, impedindo assim que os petizes acordem, não são suficientes para apagar a dor que sentimos e a raiva que dedicamos aos inventores, designers, fabricantes e comerciantes desses miniobjectos de tortura agonizantes! E o pior é que, vendo-os de perto, muitas vezes são obras-primas de escultura, minuciosamente acabados e primorosamente coloridos! Ah, que vontade dá de me tornar nostálgico, e evocar os enormes embrulhos natalícios de antanho, que envolviam enormes brinquedos, bem menos incómodos que estes dos dias actuais!

 

Ilustração do autor

4 comentários

Comentar post

Pesquisar

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Publicidade

Comentários recentes

Links

_EM DESTAQUE

_RISCOS ASSUMIDOS

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D