Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Risco Contínuo

Estrada dos bravos, blog dos livres

Risco Contínuo

Estrada dos bravos, blog dos livres

22
Jan13

Mr. President toma posse para o segundo mandato. Obviamente que a sua gestão jamais seria perfeita e a áurea conquistada durante a campanha não teria como coexistir com os problemas de uma América real. Não obstante à forte oposição republicana - com muito pouca credibilidade depois dos mandatos Bush - Obama conseguiu levar o seu programa a bom porto, em particular na reforma do sistema nacional de saúde, grande batalha ideológica do primeiro presidente negro dos EUA. Na tomada de posse para o take 2 Obama invocou novamente a esperança - aquela que Pedro Passos Coelho gosta também de invocar mas sem mais arcaboiço conceptual, ideológico e político - indo buscar Martin Luther King e os direitos dos homossexuais. Uma América para todos e todos iguais na América permanece como um ideal Democrata e do Presidente Obama. 

Nota ainda para a agenda internacional norte-americana e a questão da democracia global: "Acreditamos que a paz e a segurança duradouras não requerem a guerra perpétua”. Apesar de parecer um slogan próprio do momento, a afirmação comporta uma ideologia inversa à história americana em matéria de relações internacionais. O paradigma da pax armada que tem governado os EUA, numa lógica de alinhamento pró ou contra, dá lugar a uma lógica de auxílio à paz e ao fim do medo permanente, tendencialmente concerteza. 

No entanto e mais importante ainda, é que Obama revitaliza o poder simbólico norte-americano ao mesmo tempo que reforçará a sua imagem de presidência mundial, numa altura em que a crise europeia lança a desconfiança nas instituições centrais e os governantes se vão revelando impreparados e amordaçados pela mão invísivel do mercado. 

A procura da Terra do Nunca na Europa será, cada vez mais, a procura de um presidente ou primeiro-ministro como Obama. Não basta copiar meia dúzia de termos e expressões.

Pesquisar

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Publicidade

Comentários recentes

Links

_EM DESTAQUE

_RISCOS ASSUMIDOS

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D