Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Risco Contínuo

Estrada dos bravos, blog dos livres

Risco Contínuo

Estrada dos bravos, blog dos livres

Outro riscador apresenta-se!

José Abrantes, 24.11.08

Boa tarde, depois de aceitar pertencer á insigne equipa deste blogue, eis que ora me apresento: sou o José!

Mais detalhadamente - caso o desejem! - sou o José (Abrantes), irmão do João. somos muito diferentes mas somos amigos, fiquem descansados. Ele ama o futebol, eu abomino essa trapalhada, por exemplo! Em pulhitica nem sempre estamos de acordo, embora ambos tenhamos opiniões razoáveis. As minha, nesse campo, passam pela exigencia de que os pulhiticos sejam tratados à chapada (!), que deviam ser esterilizados antes de casar, ou coisar, conforme queiram, e que deviam TODOS (TODINHOS) ter cadastro criminal. não me alongo mais no assunto, que a hora é tardia e já vejo luzes, tal é o cansaço da vista!

Não fiquem, por favor, com a ideia que sou um furioso! Contestatário, sim, irreverente e anticonformista, também! Alem disso, que mais posso dizer? Que tenho dois filhos maravilhosos? É verdade! Dão pelos nomes de Leonor e Frederico, e são como dois sóis, como a minha Cidade do Horizonte! A eles sempre dedico boa parte dos meus pensamentos e o meu trabalho, de que são fervorosos e entusiastas criticos.

Porque eu, habitualmente, exerço o mister de escrever e ilustrar histórias infanto-juvenis! Seja em livros ilustrados, ou em Banda Desenhada. Tambem faço outros bonecos mais para adultos, por vezes bizarros, outras, introspectivos, e algumas vezes ainda, algo chocantes. Mas, em principio, não conto exibir desses poe estes cantos! Recentemente fui convencido por alguem que tambem sou pintor e começo a acreditar que há aí um fundo de razão!

Agora, perguntarão - ou pergunto eu! - o que me leva a aceitar escrever neste blogue? Pois bem, quero aqui falar muito do meu trabalho, nos seus processos de fabrico, meditações e inspirações que me impelem, debitar sobre obras e autores que me fascinam - são muitos e peço desde já desculpa a quem não gostar de ler sobre cinema de animação, banda desenhada ou ilustração, pois é sobretudo sobre estas áreas que versarei!

Todavia, não estarei desatento ao que se passa pelo mundo fora, ou por este país tão desassossegado, e crivarei quem eu entender que o mereça de impiedosas estaladas.

E por hoje é tudo, a todos muito boa noite! (um doce a quem adivinhar quem estou eu a citar!)

4 comentários

Comentar post