Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Risco Contínuo

Estrada dos bravos, blog dos livres

Risco Contínuo

Estrada dos bravos, blog dos livres

10
Dez08

A cena é indescritível. Nem um filme de Fellini apresentaria melhor. Vou tentar descrever-vos para que sintam um pouco da máquina infernal de propaganda montada pelo séquito do primeiro-ministro José Sócrates. Castelo de Bragança com as suas muralhas em fundo. Uma tenda, tipo acampamento de ciganos ricos. Óculos escuros de guarda-costas, de agentes de segurança, de agentes da secreta, de engenheiros e capatazes q.b. e até os motoristas dos BMW e Audi dos governantes se apresentavam de óculos à mafioso. A cerimónia de assinatura de adjudicação de um pequeno troço de auto-estrada era importantíssima. A propaganda para a caça ao voto tinha de fazer chegar a mensagem ao Portugal profundo, à raia montanhosa transmontana e social-democrata. A derrota do PSD para 2009 estava assegurada porque o presidente da Câmara social-democrata, Jorge Nunes, já tinha garantido a sua presença para manifestar as loas ao chefe do Governo. Um idoso, de 86 anos, sentado a apanhar sol junto ao Castelo pergunta se aquela gente toda era para a inauguração da auto-estrada. Dizem-lhe que sim. Para a inauguração? Mas que grandes aldrabões.

As entidades começam a juntar-se. Os apertos de mãos sucedem-se. Os sorrisos cínicos percorrem os olhares uns dos outros. O pessoal da Soares da Costa não deixava que faltasse nada ao ministro Mário Lino. O mister Jamé falou, disse que a auto-estrada estaria pronta dentro de dois anos. Mentira. A auto-estrada ficará concluída em quatro anos, assegurou um engenheiro da construtora. O presidente da edilidade 'laranja' quando se esperava que aproveitasse a presença do primeiro-ministro para diagnosticar as várias lacunas da região mais pobre do interior lusitano, eis que, de uma forma soberba e muito melhor do que faria José Lello, dispara: "O castelo foi ao longo da história nacional palco de grandes decisões", mencionando uma lista que agora, na sua opinião, inclui a cerimónia de hoje, classificando-a como "uma grande oportunidade que os transmontanos vão saber aproveitar". Manuela Ferreira Leite que se cuide porque deve ter perdido um autarca para o reino rosa.

José Sócrates rejubilava e apenas se limitou a colocar a cereja em cima do bolo, afirmando: "E pronto, a partir de agora resta construir a auto-estrada", despedindo-se dos presentes e, mais uma vez, fugindo às perguntas dos jornalistas... os tais novatos, estagiários, porta-microfones, escravos do regime, que se deslocaram de tão longe para nada. Aliás, para apreciarem a beleza do Castelo...

3 comentários

  • Não costumo responder a anónimos. E ao nome inventado joao antonio carvalho apenas dizer-lhe que adorei vê-lo ao espelho. Especialmente os cornos que não fazia ideia que eram tão grandes.
  • Sem imagem de perfil

    José António Carvalho

    10.12.08

    Antes de mais o nome com que assinei é mesmo verdadeiro.
    Quanto ao conteúdo do meu risco, a minha intenção era apenas de levantar alguma polémica.
    Não tinha a miníma intenção de o ofender, pelo que não me resta mais do que pedir-lhe desculpa.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

    Pesquisar

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Publicidade

    Comentários recentes

    • Anónimo

      Exmo. Senhor;Gostaria de saber se possível, o loca...

    • Ribeiro

      Parabéns pelo texto, coragem e frontalidade, apoia...

    • Anónimo

      Perfeito todo este artigo!!!

    • Anónimo

      O acto da "escolha" de um Rei, em sim mesmo, é men...

    • José Aníbal Marinho Gomes

      Resposta da Senhora Deputada Dr.ª Ilda Maria Arauj...

    Links

    _EM DESTAQUE

    _RISCOS ASSUMIDOS

    Arquivo

      1. 2020
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2019
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2018
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2017
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2016
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2015
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2014
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2013
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2012
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2011
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2010
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2009
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2008
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D