Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Risco Contínuo

Estrada dos bravos, blog dos livres

Risco Contínuo

Estrada dos bravos, blog dos livres

07
Dez08

 

Estamos sempre a aprender. Hoje fiquei a saber que posso contribuir para a defesa do ambiente optando por uma ceia de Natal mais verde (juro que não é facciosismo sportinguista) incluindo um bacalhau vegetariano*. As preocupações com o planeta e especialmente com as gerações vindouras devem fazer parte do nosso quotidiano. Ao ler um artigo do Bruno Abreu no DN fiquei sensibilisado para o facto da ceia de Natal ser a refeição do ano que mais prejudica o ambiente, no que respeita às emissões de CO2 no transporte de alimentos, aos gastos com água, luz, gás e pelo lixo que se acumula no fim da refeição.

O bacalhau está em vias de extinção desde 1996 e alguns estudos apontam para a extinção das populações do Atlântico Norte nos próximos 15 anos, caso a situação continue como está. Habitue-se a substituir o bacalhau por outro peixe - por exemplo, a tainha assada, que combina perfeitamente com puré de batata ou maça (o Duarte Calvão é que sabe destas coisas). A defesa do planeta é importante começando por pequenas coisas. Lembre-se que milhares de toneladas de CO2 enviadas para a atmosfera resultam, de forma indirecta, pela forma como os alimentos chegam à nossa mesa. O bacalhau vindo da Noruega percorre milhares de quilómetros de barco até chegar ao seu supermercado. Se realmente quiser 'comprar' esta minha treta, deixo-lhe aqui uma receita alternativa.

 

*Bacalhau vegetariano

 

- 1/2 Kg batatas; 200 g repolho;

- 300 g soja em cubos; 1 pimento;

- 2 cebolas; 200 ml leite de coco;

- 200 ml natas de soja; coentros;

- 1/2 copo leite de soja; azeitonas;

Coza as batatas inteiras, com casca, depois descasque-as e corte-as em rodelas grossas. Corte o repolho em pedaços grandes e coza-o no vapor com sal. À parte, ponha a soja de molho e tempere-a. Corte as cebolas em rodelas, o pimento em tiras finas e pique as azeitonas e os coentros. Numa forma de ir ao forno disponha os ingredientes em camadas. Misture o leite de coco, leite de soja e as natas e deite sobre o resto dos ingredientes. Leve a gratinar e bom-apetite!

 

8 comentários

Comentar post

Pesquisar

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Publicidade

Comentários recentes

Links

_EM DESTAQUE

_RISCOS ASSUMIDOS

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D