Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Risco Contínuo

Estrada dos bravos, blog dos livres

Risco Contínuo

Estrada dos bravos, blog dos livres

09
Jul09

Ao microfone, de Bruxelas, acudiu a atirar areia para os olhos por parte do governo, desta vez, o ministro das Finanças Teixeira Santos. Disse que a oposição não perdoa o papel de Vítor Constâncio na «identificação da situação orçamental em 2005»; e que a oposição queria vingar-se, e que queria a cabeça do governador, e que não conseguiu, e que, portanto, zanga-se.

E é verdade. É verdade que a direita queria a cabeça de Vítor Constâncio. Mas apenas por, no caso BPN, ter falhado clamorosamente nas suas funções. Não por causa do défice orçamental.

No caso do défice, foi só um embuste. Nessa altura, antes de Sócrates tomar posse, Constâncio prestou-se apenas a dizer isto: que se o governo ficasse um ano de braços cruzados, o défice atingiria os 6%. Desta pouca seriedade era feito o alarme: se o governo não fizesse nada, o défice seria de 6%. Era como dizer que, se um condutor não puser as mãos no volante enquanto o carro rola pela estrada, o acidente acontecerá. Mas, propalada esta fabricação com ajuda de jornalistas amigos (e destaque para o actual director de informação da Sic Notícias) Sócrates, que prometera não aumentar os impostos, aumentou-os. E, como agora bem se vê, ficou, perante Constâncio, com uma enorme dívida de gratidão.

 

 

Pesquisar

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Publicidade

Comentários recentes

  • Anónimo

    Exmo. Senhor;Gostaria de saber se possível, o loca...

  • Ribeiro

    Parabéns pelo texto, coragem e frontalidade, apoia...

  • Anónimo

    Perfeito todo este artigo!!!

  • Anónimo

    O acto da "escolha" de um Rei, em sim mesmo, é men...

  • José Aníbal Marinho Gomes

    Resposta da Senhora Deputada Dr.ª Ilda Maria Arauj...

Links

_EM DESTAQUE

_RISCOS ASSUMIDOS

Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D