Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Risco Contínuo

Estrada dos bravos, blog dos livres

Risco Contínuo

Estrada dos bravos, blog dos livres

03
Jul09

Não fora o incidente Pinho, teríamos disfrutado de embaraçosos, e no entanto consoladores, silêncios governamentais perante perguntas de Paulo Rangel sobre a Fundação para as Comunicações, um caso verdadeiramente exemplar. Nomeadamente, continuaríamos sem saber:

- Para que serve, senão para retirar ao escrutínio do Tribunal de Contas o negócio do Magalhães, uma Fundação de direito privado dotada com 40 milhões de dinheiros públicos (que é a terminologia socialista para dinheiro dos nossos impostos)?

- Quem é que, por este meio e afinal, paga o alegadamente gratuito Magalhães senão nós, quando é sabido que as operadoras de telemóveis não pagam senão os 200 Magalhães do total de centenas de milhar que terão ligação à Internet?

- De que outra maneira, senão com um artifício destes, seria possível entregar por ajuste directo à empresa Sá Couto (e porquê, e em nome de quem, e como) a encomenda de milhões para os aparelhos desta operação?

- E que falha noção de probidade, e que desconsideração pela inteligência dos eleitores, leva a julgar corrente e compreensível uma fundação de direito privado alojada em edifício ministerial, com staff constituído por assessores ministeriais, e dinheiro nosso providenciado pelo ministério?

- E que deslumbramento tecnológico, e que provincianismo, e que falta de base pedagógica leva a propagandear uma trapalhada destas como a vanguarda da modernidade?

Frustrado debate. Frustradíssimo. Em vez de tudo isto, um par de cornos.

Pesquisar

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Publicidade

Comentários recentes

Links

_EM DESTAQUE

_RISCOS ASSUMIDOS

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D