Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Risco Contínuo

Estrada dos bravos, blog dos livres

Risco Contínuo

Estrada dos bravos, blog dos livres

03
Dez08

... mas será certamente um prazer.

 

No meio de uma semana alucinante, que incluíu uma ida ao Porto para um almoço com um famoso Chef da nossa praça (hei-de contar-vos aqui essa experiência deliciosa), a apresentação de um livro e dois espectáculos de lançamento de um disco (não meu, que não canto, mas garanto-vos que os bastidores também dão muito trabalho...), recebi o amável e honroso convite para integrar a equipa do Risco Contínuo. O meu tempo para blogar - actividade que me dá o maior gosto, devo confessar - está mais escasso do que nunca, mas não sou pessoa de virar costas a um desafio tão aliciante como este. Aceitei, como se vê.

 

Garantem-me que a minha liberdade será total na escolha de conteúdos e formas, na periodicidade da minha postagem e na minha interacção com os leitores. E confiam no meu bom senso, o que desde logo me deu total à vontade para dizer um "sim" sem reservas.

 

A quem não me conhece - 99,9 por cento do universo bloguístico português, mais coisa menos coisa - devo esclarecer desde já que sou errática nos temas que abordo, e que poucas vezes comento política. Acabo de dizer-vos uma mentira, já se vê: tudo é política, afinal de contas, e eu não sou excepção quanto ao envolvimento das minhas opiniões. Costumo defendê-las com calor e convicção até que me provem o contrário, e, quando isso acontece, dou a mão à palmatória com muito gosto. Já houve um tempo em que pedir desculpa me era doloroso, mas depois cresci... e hoje prefiro pedir desculpa até por uma coisa que não fiz do que alimentar um equívoco por orgulho.

 

Mas não abdico da minha liberdade de pensamento e sou rebelde, por isso me é difícil filiar-me convicta e honestamente no que quer que seja. Uma vez pediram-me que me definisse politicamente, e respondi isto: " Politicamente, sei que estou exactamente onde quero estar quando os amigos de direita me acham esquerdista, e os de esquerda não têm dúvidas de que sou de direita".

 

E chega de círculos em volta do meu umbigo. A todos os que ainda estão por aqui após esta apresentação, obrigada por me terem lido. Voltarei. Arriscando a pele, se for preciso. Mesmo que o Risco não seja a minha profissão.

 

40 comentários

Comentar post

Pág. 1/2

Pesquisar

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Publicidade

Comentários recentes

Links

_EM DESTAQUE

_RISCOS ASSUMIDOS

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D