Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Risco Contínuo

Estrada dos bravos, blog dos livres

Risco Contínuo

Estrada dos bravos, blog dos livres

03
Dez08

Em Portugal o ensino público é determinante na formação da população portuguesa: a “educação” é ministrada  em mais de 10.000 escolas para um milhão trezentos e sessenta mil alunos por cerca 150.000 professores pagos por todos nós. Os resultados são por todos conhecidos.
Para lá de toda a inflamação e aproveitamento político que as negociações das reformas neste sector têm gerado, como português e encarregado de educação de quatro crianças, preocupa-me principalmente a desmesurada força desta corporação, basicamente ingovernável, logo inimputável.
De resto, a premissa é só uma e válida para todos os sectores de actividade laboral: a recompensa do mérito e a coibição da mediocridade alem de constituírem um simples acto de justiça são a mais eficaz promoção da excelência, valor que nesta república é apenas instrumento de mera retórica.
 

3 comentários

  • Imagem de perfil

    João Távora

    03.12.08

    Caro Carlos Duarte: Concedo que ministra pode ter sido canhestra. Mas já cá ando há alguns anos para perceber que o problema ultrapassa a qualidade de qualquer ministro. Não acredito que uma classe politicamente tão poderosa se deixe algum dia "governar" que não seja pelos seus interesses (ou dos sindicatos - de matriz marxista). Entretanto, a Educação (e o meu país) fica uma vez mais adiada.
  • Sem imagem de perfil

    Carlos Duarte

    03.12.08

    Caro João Távora,

    Não percebeu. O problema está a ser posto ao contrário. O entrave principal à educação não são os professores, é a política educativa (e não estou a falar de progressões, avaliações ou coisas tais). É o culto da estatística e do facilitismo.

    Estarei na primeira linha da defesa de uma avaliação rigorosa e efectiva dos professores DEPOIS de ser exigido aos alunos trabalho e disciplina. Por parte do ministério. E se tiverem que reprovar 80% dos alunos, que reprovem. No ano seguinte serão concerteza menos.
  • Comentar:

    CorretorMais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

    Pesquisar

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Publicidade

    Comentários recentes

    Links

    _EM DESTAQUE

    _RISCOS ASSUMIDOS

    Arquivo

      1. 2019
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2018
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2017
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2016
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2015
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2014
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2013
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2012
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2011
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2010
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2009
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2008
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D