Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Risco Contínuo

Estrada dos bravos, blog dos livres

Risco Contínuo

Estrada dos bravos, blog dos livres

05
Mar09

Na tropa ensinaram-me que a antiguidade é um posto. Lembrei-me desta máxima ao rever hoje os compêndios da história da República de Portugal. Um gesto intencional para confirmar quantas foram as vezes que o povo ou alguém por ele pegou em armas como uma atitude de protesto ou de revolta contra os poderes instituídos. Uma das conclusões que alguns historiadores já manifestaram prende-se com o facto de que os portugueses quando lhes chegou a mostarda ao nariz tiveram a coragem de pegar em armas. Direi, que a história é um posto. O leitor perguntará, mas onde é que este tipo quer chegar com esta treta? Simples. Deve-se apenas à revolta que me vai dentro ao tomar conhecimento que os fulanos que menos fazem na vida, que usufruem das maiores mordomias, que são alvo dos privilégios mais chocantes, de um momento para o outro acharam que estavam mal remunerados e decidiram ser aumentados para o dobro do salário. Os senhores deputados do Parlamento Europeu (PE) vão passar a usufruir de 7.500 euros mensais acrescentando-se os muitos extras. Isto é revoltante. Quando por esta Europa fora se assiste à agudização de uma crise com consequências imprevisíveis, quando se apela ao sacrifício e ao apertar de cinto, quando o desemprego aumenta deixando milhares de famílias no desespero, os senhores (inúteis) deputados do PE passam a ganhar um salário escandaloso e chocante. Com exemplos destes, naturalmente que começamos a pensar como as armas resolveram muita coisa...

8 comentários

Comentar post

Pesquisar

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Publicidade

Comentários recentes

Links

_EM DESTAQUE

_RISCOS ASSUMIDOS

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D