Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Risco Contínuo

Estrada dos bravos, blog dos livres

Risco Contínuo

Estrada dos bravos, blog dos livres

24
Fev09

- Chamavam-lhe o príncipe das sete partidas, por ser muito dado a aprontar sarilhos. E sempre no mesmo número ímpar. Certo dia, os pais do príncipe, que já estavam com ele pelos cabelos, decidiram interná-lo num colégio de província. Mal chegou, o príncipe desatou num berreiro. Queria voltar para casa, e ai de quem não respeitasse a sua vontade, pois arcaria com a praga das sete partidas. Temente de represálias, o cocheiro armou os cavalos e trepou à caleche, tomando lugar num par de almofadinhas forradas a xaile de Manila. Cego de obediência servil, não reparou nas trinta pontas de alfinetes reviradas. “E vai uma”, disse o príncipe.

 

Noé não entendeu tudo, mas já se consolava com as almofadinhas desalfinetadas.

 

- Agora quero uma de princesas e cavalos brancos – ordenou, com a mão borda fora, em concha, tentando apanhar água do vácuo.

 

O baú cumpriu a ordem, sempre macambúzio, quase desacreditado das suas capacidades para animar plateias.

 

                                                                   ***

- Há muitos anos viveu uma princesa de tranças amarelas que passava dias e noites a dormir. Não porque se tivesse picado numa roca ou por uma bruxa de verruga lhe ter rogado um feitiço. A princesa simplesmente dormia por dormir. As amigas perguntavam-lhe: “Por que é que passas o tempo a dormir? Por que não vens brincar aos namorados ou às casinhas?”. Com absoluta seriedade, ela respondia, na sua meia hora diária de vigília: “Porque isso vai acontecer o resto da minha vida e talvez dormindo me apareça um príncipe”.

 

Cada vez mais confuso, Noé juntou as mãos em círculo sobre a boca e gritou para o fundo escuro do baú:

 

- Pára de contar estórias complicadas! Conta uma de bruxas narigudas!!!

3 comentários

Comentar post

Pesquisar

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Publicidade

Comentários recentes

Links

_EM DESTAQUE

_RISCOS ASSUMIDOS

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D