Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Risco Contínuo

Estrada dos bravos, blog dos livres

Risco Contínuo

Estrada dos bravos, blog dos livres

07
Set17

Apontamentos para a história da Real Associação de Viana do Castelo, na passagem do seu 27.º Aniversário

José Aníbal Marinho Gomes

A 22 de Abril de 1990, tendo em vista a criação da Real Associação de Viana do Castelo, decorreu em Ponte de Lima uma reunião com monárquicos de diversas tendências, na qual estiveram presentes, em representação de Sua Alteza Real o Senhor Dom Duarte e na qualidade de seu Chefe de Gabinete, António de Sampayo e Mello, bem como D. Francisco de Bragança van Uden e João Alarcão.

Após considerações iniciais e explicados os objectivos pretendidos por Sua Alteza Real o Senhor Dom Duarte, com a criação de associações de carácter distrital que congregassem todos os monárquicos, decidiram os participantes aderir à ideia e iniciarem todo o processo burocrático tendente à criação da REAL ASSOCIAÇÃO DE VIANA DO CASTELO, que culminou com a realização da respectiva escritura pública, no dia 7 de Setembro de 1990, na sede do distrito, em Viana do Castelo.

Foram Fundadores da REAL ASSOCIAÇÃO DE VIANA DO CASTELO Francisco Silva de Calheiros e Menezes, José Adolfo Coelho da Costa Azevedo, Maria Teresa Vieira de Almeida Álvares de Carvalho Neves da Costa, António José Marques Pinto da Cunha, Carlos Manuel Lamas Mendes Pacheco, João Claudino Morais de Abreu Coutinho, eu próprio, Lourenço José de Almada, Maria José de Azevedo da Costa Barros, Maria Rita Reynolds de Abreu Coutinho, João Gomes de Abreu e Lima e Paula Maria Matos Gomes Leite Marinho Gomes e os que já não estão entre nós António Rodrigues Fernandes de Sousa (militante do PPD/PSD), Manuel António Torres Gomes (dirigente distrital do PS) e José Manuel Le Cocq da Costa e Silva Neves da Costa (membro Fundador do PPM), que recordamos com saudade.

Posteriormente à criação da Real Associação de Viana do Castelo e de idênticas associações noutros distritos, era necessária a existência, a nível nacional, de uma estrutura de cúpula, que fosse o rosto e coordenasse o movimento monárquico em Portugal, sem que as Reais Associações perdessem a sua autonomia.

Nesse sentido foi criada, em Ponte de Lima, em Ponte de Lima, no dia 18 de Dezembro de 1993, a CAUSA REAL – decorria, então, o I Congresso da Causa Real, em Viana do Castelo.

Foram fundadoras da CAUSA REAL a REAL ASSOCIAÇÃO DE VIANA DO CASTELO, a Real Associação de Lisboa e a Real Associação Escalabitana para a Defesa da Coroa e ainda, como ficou registado nessa escritura todas as Reais Associações que, não estando presentes neste acto, se integrassem na CAUSA REAL - FEDERAÇÃO DAS REAIS ASSOCIAÇÕES no prazo de 90 dias, a contar daquela data.

Em representação da Real Associação de Viana do Castelo outorgaram na escritura de criação da CAUSA REAL, José Adolfo Coelho da Costa Azevedo, eu próprio e Paula Maria Matos Gomes Leite Marinho Gomes.

Durante estes 27 anos ao serviço de Portugal e do ideal monárquico, a REAL ASSOCIAÇÃO DE VIANA DO CASTELO tem-se norteado por um conjunto de princípios e iniciativas entre aos quais, para além da incondicional fidelidade ao Chefe da Casa Real Portuguesa, Sua Alteza Real o Senhor Dom Duarte, se destacaram:

- um arraial minhoto realizado em 1992, em plenas Feiras Novas, que juntou centenas de pessoas na Casa das Pereiras, e onde esteve presente SAR o Senhor Dom Duarte, tendo esta iniciativa merecido um artigo no Jornal “Falcão do Minho” intitulado “Festa Monárquica em Ponte de Lima”;

- também em 1992 um concurso intitulado “O Primeiro de Dezembro de 1640 - A Restauração da Independência de Portugal”, realizado em várias escolas do distrito e que contou com dezenas de participantes, tendo a entrega dos prémios ocorrido em Ponte da Barca;

- em 1994 realizou-se um “Jantar dos Conjurados” em Ponte de Lima, que foi presidido por D. Nuno de Bragança van Uden, onde um grupo de teatro da Escola C+S de Arcozelo representou uma peça alusiva à revolução de 1640;

- em 1999 fez-se mais um “Jantar dos Conjurados”, no Paço de Lanheses, Viana do Castelo, em homenagem ao seu proprietário, D. Luís de Almada, Conde de Almada, descendente directo de um dos heróis da restauração da independência, que tinha falecido recentemente.

E tantas outras iniciativas…

E agora?

Destaco a parceria realizada com a CEVAL – Confederação Empresarial do Alto Minho que, desde 2013, permitiu a realização da iniciativa PORTUGAL REAL 100% ALTO MINHO, que tem como objectivo principal dar a conhecer os produtos do Alto Minho e conta com a presença e apoio de algumas empresas de referência da nossa região, revestindo, simultaneamente, um carácter solidário.

Das edições já realizadas do Portugal Real 100% Alto Minho, refira-se as que tiveram lugar em 2013 e 2014

a) Em 2013

- no dia 7 de Junho, 6ª feira, o Jantar Oficial de boas-vindas a SSAA RR os Duques de Bragança, no Restaurante Picadeiro, no Centro Equestre do Vale do Lima, em Ponte de Lima, que contou com um espectáculo equestre e onde estiveram presentes os Senhores Presidentes das Câmaras Municipais de Ponte de Lima e Vila Nova de Cerveira, o Vice- Presidente da Câmara de Caminha, representantes de algumas Associações empresariais do distrito, membros de diversas Reais Associações e da Causa Real, entre outros;

- no dia 8 de Junho, Sábado, a recepção de SS AA RR os Duques de Bragança no Salão Nobre da Associação Empresarial de Viana do Castelo, onde actuou a Banda de Gaitas da Fundação Maestro José Pedro, a que se seguiu um percurso pedonal pelo Centro Histórico da cidade, permitindo, durante o trajecto, o contacto de Suas Altezas com as pessoas com quem se cruzava, a visita a alguns estabelecimentos comerciais, cujas montras tinham sido decoradas com motivos referentes à Família Real;

- a recepção de SS AA RR pelo Presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo e a visita ao Museu do Traje, nesta cidade, onde eram aguardados por várias dezenas de populares;

- a visita realizada por SS AA RR os Duques de Bragança, na companhia do Presidente da Câmara de Viana do Castelo e mais elementos da comitiva, à Casa dos Rapazes de Viana do Castelo, Instituição Particular de Solidariedade Social, onde actuou a Viana Bombos - Grupo de Bombos da Casa dos Rapazes de Viana do Castelo;

- o Almoço e Festa Solidária no Restaurante Camelo, Quinta de São João, em Santa Marta de Portuzelo, cuja receita reverteu a favor da Casa dos Rapazes de Viana do Castelo, que contou com a presença de SS AA RR, o Senhor Bispo da Diocese de Viana do Castelo, um deputado, a edilidade de Viana do Castelo e mais de 300 pessoas e onde actuaram a Banda de Gaitas de Cardielos (especialmente apreciada pelo Senhor Dom Duarte), o Grupo de Serenatas de Perre e o Grupo Vozes do Lima – Música Tradicional;

- no dia 9 de Junho, Domingo, a visita de SS AA RR à Quinta do Casal do Paço, em Padreiro, Arcos de Valdevez, que contou com uma prova de vinhos da marca “Afros” e a degustação de enchidos e doçaria locais;

- a recepção oficial dos Duques de Bragança na Santa Casa da Misericórdia dos Arcos de Valdevez, onde visitaram a Igreja e o Arquivo Histórico;

- a colocação, por SAR o Senhor Dom Duarte, de uma coroa de flores no Monumento “Torneio de Valdevez” e outra na escultura de homenagem aos militares arcuenses tombados na Guerra do Ultramar, onde esteve sempre acompanhado pela edilidade arcuense, militares e muitos populares;

- um almoço com o Presidente da Câmara Municipal dos Arcos de Valdevez e outras individualidades.

Esta visita ao Alto Minho, valeu ao Senhor D. Duarte o título de 1.º Embaixador da marca 100% Alto Minho.

b) Em 2014

- decorreu em Ponte de Lima no dia 27 de Junho, na loja regional Cadeia das Mulheres, a nomeação do Dr. Nuno Vieira de Brito, Secretário de Estado da Alimentação e da Investigação Agroalimentar, como 2.º Embaixador do Alto Minho, que recebeu o testemunho de SAR o Senhor Dom Duarte;

- em colaboração com o Clube de Ténis de Viana do Castelo e inserido no programa de actividades do Portugal Real 100% Alto Minho, fez-se um torneio nocturno de ténis, entre as 21h00m do dia 27 de Junho e as 9h00m do dia 28, no qual participaram dezenas de tenistas, cabendo a entrega dos prémios, a SAR o Senhor D. Duarte;

- a organização, no dia 28 de Julho, no Auditório da sede do Instituto Politécnico de Viana do Castelo, do XX Congresso da Causa Real, onde não faltaram delegados de vários pontos do país, que terminou com Colóquio e debate sobre o “Municipalismo” e que contou com a participação do Doutor António de Matos Reis e a Doutora Ana Sílvia Albuquerque, tendo a moderação ficado a cargo do Professor Paulo Teixeira de Morais;

- a realização do Jantar Solidário, também no dia 28 de Junho, presidido por SSAARR os Duques de Bragança, na Quinta da Presa, sita na freguesia da Meadela, Viana do Castelo, cuja receita reverteu para a Casa dos Rapazes de Viana do Castelo e que contou com a actuação do Coro de Câmara “Contraponto” e do grupo de jovens cantores da cidade de Viana do Castelo, a que seguiu um arraial minhoto;

- a recepção solene de SS AA RR dos Duques de Bragança pelo Presidente da Câmara de Caminha, no Salão Nobre da autarquia, Dr. Miguel Alves, a que se seguiu uma visita guiada pelo Centro histórico da vila, acompanhada por alguns Presidentes das Juntas de Freguesia do concelho e depois um almoço.

Para além destas acções de envolvimento junto da Comunidade a REAL ASSOCIAÇÃO DE VIANA DO CASTELO tem igualmente apostado na comunicação e sensibilização, com - a criação do CENTRO DE ESTUDOS ADRIANO XAVIER CORDEIRO, para a realização de iniciativas de carácter formativo e informativo, actuando como pólo de encontro, de reflexão e de divulgação do ideal monárquico, do património material e imaterial português e da lusofonia;

Assim, em Junho de 2014 teve lugar o lançamento do n.º 0 da REAL GAZETA DO ALTO MINHO, boletim informativo em formato digital, da Real Associação de Viana do Castelo, com periodicidade trimestral, tendo já saído até ao presente 13 números.

Realizou-se no dia 29 de Novembro de 2014, o tradicional “Jantar dos Conjurados” no Restaurante Fátima Amorim, localizado na freguesia da Correlhã, Ponte de Lima, organizado pelas Reais Associações de Viana do Castelo e Braga, com o apoio da Real Associação do Porto. O Prof. Doutor Pedro Vilas Boas Tavares, docente da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, a convite da Real Associação de Viana do Castelo proferiu uma impressiva conferência sobre o tema “Para uma releitura dos «papéis» justificativos da Restauração”.

Destaco as presenças de D. Lourenço de Almada (representante directo do herói da Restauração, D. Antão de Almada), do Dr. Mário Ferreira e do Dr. Nuno de Matos, respectivamente Presidente e Vice-Presidente da Comissão Política Concelhia de Ponte de Lima do Partido Social Democrata (PPD/PSD), da Dr.ª Natália Rodrigues e do Eng.º Filipe Lopes, membros do Secretariado da Comissão Política Concelhia do Partido Socialista de Ponte de Lima (PS) e ainda a presença do Dr. Gonçalo Pimenta de Castro, Presidente da Real Associação de Braga e do Eng.º Paulo Correia Alves, Vice-Presidente da Real Associação do Porto. Alguns membros da futura estrutura da Real Associação de Trás-os-Montes e Alto Douro, quiseram associar-se a este evento, honrando-nos com a sua presença.

O ano de 2015 foi ano importante para a nossa associação, tendo-se realizado no decurso do mesmo algumas actividades, entre as quais se destacam:

No dia 12 de Setembro comemorou-se o 25.º Aniversário da Real Associação de Viana do Castelo, com a realização de um surpreendente Jantar na Casa da Lapa (também conhecida por Casa dos Calistos), na Rua General Norton de Matos, em Ponte de Lima, gentilmente cedida para o efeito pelos seus proprietários, a família Maia e Menezes, que contou com a presença de cerca de 150 participantes e representantes da Associação Cultural Luso-Moçambicana, entre os quais o presidente da Direcção, Eng.º Abel Ferreira e o Arquitecto Paulo Reis. O CDS/PP fez-se representar pela Dr.ª Carolina Reis Faria, adjunta do Secretário de Estado da Alimentação e da Investigação Agroalimentar e a Confederação Empresarial do Alto Minho-Ceval, pelo Vice-Presidente da Direcção Sr. Américo Temporão Reis.

aniver.png

arr.png

No final do jantar comemorativo, foi assinado um ACORDO DE COOPERAÇÃO entre a REAL ASSOCIAÇÃO DE VIANA DO CASTELO e a ASSOCIAÇÃO CULTURAL LUSO-MOÇAMBICANA, tendo em vista a conjugação de sinergias institucionais, direccionadas para a dinamização de um conjunto de iniciativas que visam estabelecer um profícuo diálogo que fomente o respeito, a valorização e a divulgação da cultura dos dois povos.

ass.png

A 23 de Setembro, ocorreu na Sede da Associação Empresarial de Viana do Castelo, a recepção da Real Associação de Viana do Castelo, da Associação Cultural Luso-Moçambicana e de uma delegação moçambicana, de responsáveis do IPEME – Instituto para a Promoção das Pequenas e Médias Empresas de Moçambique e do Dr. Luís José Machava, responsável do CPI – Centro de Promoção de Investimentos, que por intermédio do acordo de cooperação celebrado entre a Real Associação de Viana do Castelo, a CEVAL e a Associação Cultural Luso-Moçambicana, realizaram vários encontros com empresários do Alto Minho, culminando a sua visita com uma recepção na Câmara Municipal de Viana do Castelo.

ass em.pngTendo em vista a realização de Eleições Legislativas no dia 4 de Outubro, a Real Associação de Viana do Castelo contactou os 16 partidos políticos concorrentes pelo Círculo Eleitoral de Viana do Castelo, no sentido de saber se os cabeças de lista de todos os partidos concorrentes à Assembleia da República pelo Círculo Eleitoral do distrito de Viana do Castelo concordavam com a «a alteração da redacção da alínea b) do artigo 288º da CRP, substituindo-se a expressão” forma republicana’’ por "forma democrática" de organização do Estado»; e com a “realização de um referendo sobre República ou Monarquia”.

Responderam as seguintes forças políticas: PPM – Partido Popular Monárquico; BE - Bloco de Esquerda; PURP - Partido Unido dos Reformados e Pensionistas; PPV/CDC – Partido Cidadania e Democracia Cristã; MPT – Partido da Terra; CDS/PP – Partido Popular; PS - Partido Socialista; NC – Nós, Cidadãos!

No dia 28 de Novembro, no Clube do Empresário da Associação Industrial do Minho em Braga, decorreu o Jantar dos Conjurados, organização conjunta das Reais Associações de Viana do Castelo e Braga, com o apoio da Real Associação do Porto.

Jantar que decorreu num ambiente familiar e contou com uma palestra proferida pelo Dr. Artur Barros Moreira, subordinada ao tema: “A Tradição da Comemoração do 1º de Dezembro em Braga".

No dia 1 de Dezembro de 2015 a Real Associação de Viana do Castelo arrancou com três concursos a nível escolar, destinados aos alunos do 1.º, 2.º e 3.º Ciclos de escolaridade, e professores do “Distrito de Viana do Castelo”.

O tema central foi “O PRIMEIRO DE DEZEMBRO DE 1640 – A Restauração da Independência de Portugal”.

Para o 1.º Ciclo o concurso intitulava-se "Viagem no Tempo", precisando apenas os alunos de completar a frase “O dia 1 de Dezembro de 1640 foi importante para Portugal porque….”

No 2.º e 3.º ciclos, o concurso chamava-se “Um Concurso Para Ti”, podendo os concorrentes optar por trabalhos que poderiam revestir a forma de texto (prosa ou poesia), desenho, pintura, escultura ou audiovisual.

Também foi dirigido aos professores que lecionam no distrito de Viana do Castelo um concurso para a realização de um trabalho escrito sobre o tema: "Reflexões sobre...-“O PRIMEIRO DE DEZEMBRO DE 1640 – A Restauração da Independência de Portugal”, com o máximo de 4 páginas, para incluir num livro a editar pela RAVC.

Em 2016, a Real Associação de Viana do Castelo, foi convidada pela Buraca da Moura―Associação Cultural, Desportiva e Recreativa de Barbeita e pelo Município de Monção a co-organizar o evento “PONTE DO MOURO MEDIEVAL”, que decorreu nos dias 10, 11 e 12 de Junho de 2016, na vila de Monção e no lugar de Ponte do Mouro, freguesias de Barbeita e Ceivães, que recriou o encontro entre D. João I e o Duque de Lancastre, na passagem do 630.º Aniversário.

Sua Alteza Real o Senhor D. Duarte Pio, na qualidade de Chefe da Casa Real Portuguesa e o Marquês de Lavradio, o Senhor D. Jaime d’Almeida, na qualidade de Chefe do nome e armas dos Lancastres em Portugal, estiverem presentes no evento, respondendo ao convite que lhes foi endereçado pelas três entidades envolvidas na organização.

A sessão de abertura ocorreu no dia 10 de Junho, dia de Portugal, no Cine-Teatro João Verde em Monção, com uma conferência cujo tema era o encontro destas duas figuras do século XIV, e teve como palestrantes o Prof. Dr. Luís Adão da Fonseca, que abordou a “Génese e contexto histórico da aliança anglo-portuguesa de 1386” e o Dr. Alberto Antunes Abreu que falou sobre “O encontro de D. João I e o duque de Lencastre – Ponte do Mouro”.

À noite, decorreu no Convento dos Capuchos, um jantar solidário, presidido por Sua Alteza Real o Senhor D. Duarte Pio, Duque de Bragança cuja receita reverteu para o Centro Paroquial e Social de Barbeita, instituição de cariz social do concelho.

Este jantar contou com a edição especial de um selo para o vinho alvarinho oferecido pela Provam, Produtores de Vinho Alvarinho de Monção.

Sábado, dia 11 de Junho, teve lugar a recepção a Sua Alteza Real o Senhor D. Duarte, Duque de Bragança e dos Marqueses de Lavradio, no Museu do Alvarinho em Monção, pelo Presidente da Câmara Municipal de Monção, Eng.º Augusto de Oliveira Domingues, acompanhado de outros elementos da vereação, estando também presentes diversas individualidades, locais e nacionais, como o Presidente da Assembleia Municipal de Monção, Sr. António Manuel Gonçalves Simões, o presidente da Confederação Empresarial do Alto Minho (CEVAL), Eng.º Luís Ceia, eu, na qualidade de presidente da Direcção da Real Associação de Viana do Castelo, o presidente da Direcção da Causa Real, Dr. António de Souza-Cardoso, o presidente da Direcção da Real Associação de Braga, Dr. Gonçalo Pimenta de Castro, o presidente da direcção da Real Associação da Beira Litoral, Eng.º Fábio Fernandes. De referir ainda a presença do Dr. Pedro Giestal, D. José de Almada e de Paulo da Cunha, membros da direcção da Real Associação de Viana do Castelo, vários membros da “Buraca da Moura” designadamente o seu presidente, Eng.º David Costa e a Dr. ª Sandra Vieites, responsável pelo projecto Ponte de Mouro Medieval.

Após o que teve lugar na Praça Deu-la-Deu Martins, uma saudação a S.A.R. o Duque de Bragança, efectuada por ex-combatentes do Ultramar, seguida de deposição de coroa de flores no monumento “À Memória dos Combatentes do Concelho de Monção mortos pela Pátria na guerra do Ultramar”, com uma guarda de honra constituída por um clarim e uma secção do Regimento de Cavalaria n.º 6 de Braga.

Da parte de tarde, após a abertura oficial do “Ponte de Mouro Medieval”, foi descerrada no local, uma Placa comemorativa do evento, por S.A.R. o Senhor Dom Duarte Pio, Duque de Bragança, pelo Marquês de Lavradio, D. Jaime d’Almeida e pelo Eng.º Augusto de Oliveira Domingues, Presidente da Câmara Municipal de Monção,

Seguiu-se uma vista á “PROVAM - Produtores de Vinho Alvarinho de Monção”, sociedade constituída por 10 viticultores, com degustação de produtos regionais, onde foram explicadas, pelo enólogo da empresa, Eng.º Abel Codesso, as várias etapas da produção do vinho e do espumante e do seu armazenamento e colocação nos mercados nacional e internacional.

A convite do Sr. Padre Américo da Rocha Alves realizou-se uma visita ao Centro Paroquial e Social de Barbeita, após convite efectuado pelo Sr. Padre Américo da Rocha Alves, que embora não estivesse no programa, foi aceite pelos presentes

No dia 10 de Setembro, no Restaurante da Expolima, em Ponte de Lima, coincidindo com as festas locais “ As Feiras Novas”, decorreu o Jantar comemorativo do 26.º aniversário da Real Associação de Viana do Castelo que contou com uma significativa presença de associados e simpatizantes.

A 5 de Outubro, no Salão Nobre da Universidade do Minho em Braga, decorreu o “II Colóquio Tratado de Zamora 5 de Outubro de 1143”, organizado pela Real Associação de Braga com a co-organização do CINE.UM – Cineclube da Universidade do Minho.

O Dr. Gonçalo Pimenta de Castro, Presidente da Real Associação de Braga, teve a cargo a condução dos trabalhos, onde participaram o Prof. Dr. José Augusto Sottomayor Pizarro, o Prof. Dr. Luís Carlos Ferreira do Amaral, ambos professores da Faculdade de Letras da Universidade do Porto; Mestre Dr. Artur Barros Moreira, investigador do CECS – Universidade do Minho e eu próprio, sendo moderador o Dr. António de Souza-Cardoso, Presidente da Causa Real.

O Prof. Sottomayor Pizarro debruçou-se sobre “A relação do Rei com a nobreza”, enquanto o Prof. Luís Ferreira do Amaral abordou “A relação de D. Afonso Henriques com o Clero”; o Mestre Barros Moreira escolheu para tema o “Tratado de Zamora - Perspectiva diplomática”. Fui o primeiro conferencista a usar da palavra, tendo dissertado sobre o tema “O Tratado de Zamora: A Formação do Estado Português”. O Salão Nobre da Universidade do Minho foi pequeno para a assistência que, neste “feriado restaurado”, acudiu a este auditório para participar neste evento.

zamo.png

O “Jantar dos Conjurados” realizou-se no dia 30 de Novembro, na Quinta da Presa, Meadela, Viana do Castelo, organizado pelas Reais Associações de Viana do Castelo e Braga onde estiveram presentes cerca de 200 participantes. Aqui decorreu a cerimónia de entrega dos prémios dos Concursos Escolares que decorreram no ano Lectivo 2015/2016, nas Escolas do Alto Minho, organizados pela Real Associação de Viana do Castelo, sobre o tema "O Primeiro de Dezembro de 1640 – A Restauração da Independência de Portugal", intitulados “Viagem no Tempo”, para os alunos do 1.º Ciclo e “Um Concurso para Ti”, para os alunos do 2.º e 3.º Ciclos, realizou-se no dia 30 de Novembro, inserida no Jantar dos Conjurados.

pcc.png

Destaco as presenças da Dr.ª Ilda Novo, responsável distrital do CDS/PP e Deputada pelo Círculo Eleitoral de Viana do Castelo, do Dr. Miguel Alves, Presidente da Federação Distrital de Viana do Castelo do Partido Socialista (PS) e Presidente da Câmara Municipal de Caminha, do Dr. Paulo Esteves, Vereador do Pelouro das Actividades Sócio-culturais da Câmara Municipal de Monção, do Dr. Filipe Amorim, Presidente do Plenário Concelhio de Ponte de Lima do PSD.

Do Movimento Monárquico, estiveram presentes o Dr. Rui Gomes Araújo, Secretário-Geral da Causa Real, Carlos Sá, Vice-Presidente da Juventude Monárquica e Jorge Araújo, Vogal da Direcção Nacional da Juventude Monárquica, vários membros dos corpos sociais da Real Associação de Viana do Castelo e diversos associados e simpatizantes, marcaram presença o Dr. Gonçalo Pimenta de Castro, Presidente da Real Associação de Braga bem como alguns associados, entre os quais o Ex-Presidente da direcção, Dr. Luís Damásio. A representar a Real Associação do Porto, dois Vice-Presidentes, o Dr. João Calheiros Lobo e o Eng.º Paulo Correia Alves, entre outros elementos da direcção. Da Real Associação da Beira Litoral esteve presente o seu presidente, o Eng.º Fábio Reis Fernandes.

Para além dos alunos premiados e dos seus familiares, estiveram também presentes representantes das direcções Escolas com alunos premiados, da CEVAL (Confederação Empresarial do Alto Minho), do Deutsch Bank, sendo as duas instituição representadas pelo Eng.º António Lima. O Crédito Agrícola fez-se representar pela Dr.ª Cláudia Rego e a empresa Minho Fumeiro, pelo Sr. António Paulino e pela Dr.ª Armanda Amorim.

A Assembleia Vianense associou-se também a este evento

Seguiu-se a palestra do Senhor Coronel e historiador militar, Américo José Henriques, que brindou os presentes com uma brilhante intervenção, que durou cerca de 50 minutos, sobre o tema “A ocupação filipina e a Revolução do 1.º de Dezembro de 1640”.

coronel.png

No corrente ano, no dia 27 de Maio, teve lugar às 21h00m no Auditório da Casa da Terra, sito no Passeio 25 de Abril (antiga Cadeia das Mulheres), em Ponte de Lima, que se encontrava repleto, a primeira das tertúlias intitulada “Reais Conversas com…” tendo como tema a Feira de Ponte.

ra con.png

A Real Associação de Viana do Castelo, convidou o Dr. Francisco Abreu e Lima, ex-Presidente da Câmara Municipal de Ponte de Lima e o Dr. Franclim Castro Sousa, ex-vereador deste município e ex-presidente da Associação Concelhia “Feiras Novas”, para nos contarem as suas “histórias da feira”, tendo sido moderadora a jornalista Dr.ª Rosário Sá Coutinho.

De 2 a 4 de Junho decorreu a II Edição Ponte do Mouro Medieval, em Monção, que teve início na sexta-feira dia 2 de Junho, estando presente na sessão de abertura Sua Alteza Real D. Duarte Pio, Duque de Bragança.

moro.png

Após o que teve lugar a Conferência intitulada “D. Filipa de Lencastre, a noiva escolhida por D. João I”, a cargo da Professora Doutora Manuela Santos Silva, docente da Universidade de Lisboa, com vários trabalhos publicados sobre D. Filipa de Lencastre. Um deles é “A Rainha Inglesa de Portugal - Filipa de Lencastre”, edição do Círculo de Leitores, livro que faz parte da Coleção “Rainhas de Portugal”, tendo colaborado recentemente também na edição “Casamentos Reais - Casamentos da Família Real Portuguesa”.

E mais: na primeira semana de Outubro, vai ter lugar, nas escolas do distrito de Viana do Castelo, o lançamento de dois concursos:

Viagem no Tempo… “5 de Outubro - o dia em que Portugal nasceu” – dirigido aos alunos do 1º ciclo que terão de completar a frase “5 de Outubro de 1143 foi importante para Portugal porque….”.

Um concurso para ti: “5 de Outubro - o dia em que Portugal nasceu”– dirigido aos alunos do 2º e 3º ciclos do distrito de Viana do Castelo para apresentação de trabalhos (individuais ou em grupo) sobre este tema.

Viva Portugal!

Viva o Rei!

 

 

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Publicidade

RSS Feedburner

Subscribe in a reader

Publicidade

Links

_EM DESTAQUE

_RISCOS ASSUMIDOS

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D