Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Risco Contínuo

Estrada dos bravos, blog dos livres

Risco Contínuo

Estrada dos bravos, blog dos livres

18
Set11

Ex-deputado Nuno da Câmara Pereira chantageado

Pedro Quartin Graça

Segundo revela hoje o jornal Correio da Manhã, o fadista Nuno da Câmara Pereira, ex-presidente do PPM e ex-deputado do PSD, era a personalidade chantageada por um grupo criminoso, que integrava dois agentes da PSP, tal como o CM noticiou a 8 de Junho passado. O gang tentou extorquir ao cantor cerca de cinco mil euros, isto depois deste ter pedido para que os agentes recuperassem umas fotos íntimas da namorada, na posse do ex-companheiro da mesma.O montante referido foi aquele que terá sido inicialmente oferecido pelo fadista para que os agentes conseguissem as fotos, mas, após desistir desta intenção, o grupo continuou a exigir o dinheiro, ameaçando revelar factos da vida pessoal.

Paulo Marques, um dos agentes, está preso por, com três outras pessoas, ter sequestrado e roubado um empresário espanhol.

12
Set11

MPT-Madeira enche Madeira Tecnopolo na sua Convenção Eleitoral

Pedro Quartin Graça

O MPT- Madeira realizou, ontem, a sua Convenção Eleitoral, no Funchal, que marca o arranque oficial da campanha do partido na Região. A iniciativa que reuniu entre 1.500 a 1.600 pessoas, “foi um momento de grande motivação e de grande entusiasmo deste projecto do Partido da Terra”. De acordo com o responsável do MPT - Madeira, João Isidoro, “tivemos oportunidade de chamar a atenção para um conjunto de medidas que o Partido da Terra tem denunciado no plano nacional e regional, medidas de austeridade que têm trazido graves dificuldades à vida das famílias e à pequena e média economia, a maior geradora de postos de trabalho”. João Isidoro aproveitou para denunciar “aqueles, como é o caso do CDS-M, que sendo oposição na Madeira, a nível nacional está coligado com o PSD e tem aprovado medidas muito negativas que vêem criar enormes dificuldades”. Também presente esteve o Presidente da Comissão Política Nacional, Pedro Quartin Graça que fez uma intervenção política de relevo na qual realçou a "pujança" do partido a nível regional, assim como o bom trabalho que tem sido desenvolvido pela estrutura partidária regional.

Tal como João Isidoro, também Pedro Quartin Graça apelou ao voto no Partido da terra na Madeira nas próximas eleições e sublinhou que "nunca como hoje se viu tanta pobreza e fome em Portugal". Esta é uma situação que tem de mudar rapidamente, mas para isso é preciso que os eleitores optem por outros partidos.

10
Set11

Blog Ilhas Selvagens lidera ranking mundial do Facebook

Pedro Quartin Graça

 

O blog ILHAS SELVAGENS lidera o ranking mundial do Facebook na categoria de "ilhas" e encontra-se em sétimo lugar na de "travel". Merece a pena ser visitado. Terá oportunidade de conhecer a mais remota parte do território nacional e que é a última fronteira e o extremo mais a sul de Portugal: as ILHAS SELVAGENS. Os interessados podem ver o blog aqui. E, já agora, o que espera para ajudar a classificação deste blog nacional, tornando-se seguidor no Facebook aqui e no Twitter aqui?

07
Set11

E com este despesismo, ninguém se preocupa?

Pedro Quartin Graça

45 mil euros por dia para a Presidência da República

 

“Os sacrifícios são para ser ‘distribuídos’ por todos os portugueses”…

 

Aníbal Cavaco Silva, Presidente da República

  

A Presidência da República custa 16 milhões de euros por ano (163 vezes mais do que custava Ramalho Eanes), ou seja, 1,5 euros a cada português. Este dinheiro, para além de pagar o salário de Cavaco, serve para remunerar ainda os seus 12 assessores e 24 consultores,bem como o restante pessoal que garante o funcionamento da Presidência da República.

A juntar a estas despesas, há ainda cerca de um milhão de euros de dinheiro dos contribuintes que todos os anos serve para pagar pensões e benefícios aos antigos presidentes.

Os 16 milhões de euros que são gastos anualmente pela Presidência da República colocam Cavaco Silva entre os chefes de Estado que mais gastam em toda a Europa, sendo apenas ultrapassado, no que às Repúblicas diz respeito, pelo presidente francês, Nicolas Sarkozy (112 milhões de euros) e gastando o dobro do Rei Juan Carlos de Espanha (oito milhões de euros), sendo que cada espanhol paga apenas 19 cêntimos com o seu Chefe de Estado...

O que não vemos é a Presidência a reduzir despesas de forma substancial, bem ao contrário do que tem acontecido com as Casas Reais europeias. Afinal os sacrifícios dizem apenas respeito a alguns.

03
Set11

O martelo pilão

Pedro Quartin Graça

      Destruir a pouca folga que a troika deixou não mostra nem uma coisa nem outra. Mostra que só se sabe fazer uma coisa. Como o martelo pilão. Força inteligente em vez de força bruta. Deixem o Hulk para a banda desenhada.’

 

    José Pacheco Pereira

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Publicidade

RSS Feedburner

Subscribe in a reader

Publicidade

Links

_EM DESTAQUE

_RISCOS ASSUMIDOS

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D