Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Risco Contínuo

Estrada dos bravos, blog dos livres

Risco Contínuo

Estrada dos bravos, blog dos livres

30
Out09

H1N1: Suiça coloca resrvas a vacina usada em Portugal

Pedro Quartin Graça

A Suíça impôs hoje restrições à administração da vacina Pandemrix, também usada em Portugal, no que se refere às grávidas, crianças e jovens até aos 18 anos e adultos com mais de 60 anos.

A decisão deve-se à presença do adjuvante AS03 na composição da vacina do laboratório GlaxoSmithKline. «Dispomos essencialmente de dados sobre adultos, mas ainda não temos nenhum dado quanto às mulheres grávidas e muito poucos em relação às crianças», lê-se num comunicado da autoridade suíça de regulação dos medicamentos, a Swissmedic. Consequentemente, a «Swissmedic não autorizou ainda a administração de Pandemrix nas mulheres grávidas, nas crianças e jovens com menos de 18 anos e nos adultos com mais de 60 anos».

Todavia, os adultos com menos de 60 anos podem ser inoculados com Pandemrix ao abrigo das recomendações do Gabinete Federal Suíço de Saúde Público (FOPH). A autoridade suíça do medicamento autorizou uma segunda vacina para a gripe A - a Focetria, da Novartis -, recomendada para adultos e crianças com mais de seis meses, sendo que no caso das mulheres grávidas ou em amamentação os seus médicos assistentes deverão avaliar as potenciais vantagens ou desvantagens da inoculação.

A vacina Pandemrix foi aprovada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e escolhida pela Agência Europeia do Medicamento para ser usada na União Europeia, a que a Suíça não pertence. Recentemente, soube-se que a vacina Pandemrix não foi aprovada pelos Estados Unidos devido à presença do adjuvante esqualeno na sua composição, que alegadamente poderia causar danos à saúde dos que a tomam. A Autoridade Nacional do Medicamento (Infarmed) esclareceu terça-feira que aquele adjuvante tem sido utilizado noutras vacinas sem que tenha sido identificado qualquer risco significativo.

Em comunicado, o Infarmed afirma que «mais de 22 milhões de vacinas contendo esqualeno (adjuvante) foram já administradas sem que tenha sido identificado qualquer risco significativo». Segundo este organismo, os adjuvantes (também conhecidos como imunomoduladores ou potenciadores da resposta imunitária) são um componente utilizado em vacinas há décadas para melhorar a resposta imunitária aos antigénios presentes.

28
Out09

Praia Maria Luísa: Divulgados o Relatório e Parecer sobre o acidente

Pedro Quartin Graça

O Ministério do Ambiente, do Ordenamento do Território e do Desenvolvimento Regional disponibiliza a partir de hoje na sua página de Internet o relatório sobre o acidente ocorrido na Praia Maria Luísa, elaborado pela Administração da Região Hidrográfica do Algarve, e o parecer sobre risco associado às arribas do Algarve, elaborado pela Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa.

O relatório elaborado pela Administração da Região Hidrográfica do Algarve conclui que: · O tipo de ocorrência verificado na praia Maria Luísa tem nível de previsibilidade muito baixo. A ciência nacional e internacional não tem ainda capacidade de prever quer a data da ocorrência, quer o local onde poderá ocorrer um fenómeno desta natureza, cujo nível de previsão é idêntico ao dos sismos.

· Da experiência obtida no âmbito da observação sistemática de mais de duas centenas de movimentos de massa nas arribas cortadas em Miocénico nos últimos 14 anos e dos elementos recolhidos no terreno na semana anterior à ocorrência do colapso, não foram observados quaisquer indícios físicos que antecipassem a ruptura da arriba que veio a ocorrer em 21 de Agosto de 2009.

· Os agentes mesológicos (precipitação e agitação marítima de tempestade) mais frequentes que desencadeiam os movimentos de massa mantiveram-se a níveis de actividade baixa, pelo que não pode ser atribuída qualquer relação directa entre os agentes e a derrocada verificada. O sismo de magnitude 4.2 (Richter) registado três dias antes do colapso pode ter contribuído para o acontecimento embora não seja possível confirmar o seu eventual contributo.

O parecer elaborado pela Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa conclui que:

· O evento de 21 de Agosto foi uma rotura por tombamento, absolutamente atípica no que respeita aos factores desencadeantes, podendo ter sido motivado por envelhecimento ou fadiga natural dos materiais constituintes de uma parede rochosa, destacada de terra, e correspondente a estrutura remanescente de um modelado cársico peculiar em evolução rápida. Para esta rotura pode ter havido igualmente contribuição das condições singulares da maré e do sismo que a antecederam. As dimensões do movimento são semelhantes às de outros registados nesta praia e em contextos similares de arriba rochosa do Algarve central.

· No estado actual do conhecimento científico, não é possível prever o momento ou o local onde poderá ocorrer a próxima rotura nas arribas, tal como não seria possível prever em tempo útil a rotura de 21 de Agosto de 2009.

· A evolução natural das arribas configura necessariamente situações de risco para pessoas e bens, que usem ou ocupem a faixa adjacente ao bordo superior da arriba e ao seu sopé, e que é imprescindível acautelar. A gestão do risco implica, neste e noutros casos semelhantes do litoral do Algarve, a adopção de medidas de carácter preventivo. Estas medidas traduzem-se no caso em apreço pela demarcação de faixas de salvaguarda, pela colocação de sinalética específica e pela realização de inspecções regulares por técnicos competentes e experientes, as quais poderão alertar para a necessidade de acções de saneamento, reperfilamento ou consolidação, sustentadas por estudos e projectos específicos.

A avaliação das dimensões das faixas de salvaguarda em vigor neste sector do litoral, face à evolução observada até ao presente, indica que são adequadas aos fins a que se destinam.

 

Leia aqui:

 

Relatório e Parecer sobre o acidente ocorrido na Praia Maria Luísa

 

23
Out09

O abraço do leão

Pedro Quartin Graça

Pesava 136 quilos e tinha força para matar um homem. Quando apareceu no cimo de um monte na reserva Kora, no Quénia, Christian já não era o leãozinho que andava ao colo e passeava de Bentley. Não via os pais adoptivos há um ano. Comportava-se como um leão selvagem. Mas assim que John e Ace o chamaram, começou a correr, saltou-lhes para cima, e surpreendeu-os com um abraço.

A história do leão comprado no Harrods por John Rendall e Anthony Bourke (Ace) tornou-se famosa nos anos 70. Trinta anos depois apareceu no You Tube e teve mais de oito milhões visualizações. O livro sobre Christian chega a Portugal. 

22
Out09

Novo Governo: Oito novos ministros e cinco mulheres

Pedro Quartin Graça

O XVIII Governo Constitucional, hoje apresentado por José Sócrates ao Presidente da República, vai ter cinco mulheres em 16 ministros e apresenta no seu conjunto oito novos ministros.

Num total de 16 ministros, são novos Alberto Martins (Justiça), António Serrano (Agricultura, Desenvolvimento Rural e Pescas), António Mendonça (Obras Públicas, Transportes e Comunicações), Dulce Pássaro (Ambiente e Ordenamento do Território), Helena André (Trabalho e Solidariedade Social), Isabel Alçada (Educação), Gabriela Canavilhas (Cultura) e Jorge Lacão (Assuntos Parlamentares.

Transitam do XVII para o XVIII Governo Constitucional, mantendo as mesmas pastas, seis ministros: Luís Amado (Estado e Negócios Estrangeiros), Teixeira dos Santos (Estado e Finanças), Pedro Silva Pereira (Presidência), Rui Pereira (Administração Interna), Ana Jorge (Saúde), Mariano Gago (Ciência, Tecnologia e Ensino Superior).

Embora mudando de pasta, continuam também no Governo Augusto Santos Silva (transita dos Assuntos Parlamentares para a Defesa Nacional), Vieira da Silva (muda do Trabalho e da Solidariedade Social para a Economia, Inovação e Desenvolvimento). João Tiago Silveira, que foi secretário de Estado da Justiça, assume agora as funções de secretário de Estado da Presidência do Conselho de Ministros.

22
Out09

Composição do XVIII Governo Constitucional

Pedro Quartin Graça

Ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros Dr. Luís Filipe Marques Amado

Ministro de Estado e das Finanças Prof. Doutor Fernando Teixeira dos Santos

Ministro da Presidência Dr. Manuel Pedro Cunha da Silva Pereira

Ministro da Defesa Nacional Prof. Doutor Augusto Santos Silva

Ministro da Administração Interna Dr. Rui Carlos Pereira

Ministro da Justiça Dr. Alberto de Sousa Martins

Ministro da Economia, da Inovação e do Desenvolvimento Dr. José António Fonseca Vieira da Silva

Ministro da Agricultura, do Desenvolvimento Rural e das Pescas Prof. Doutor António Manuel Soares Serrano

Ministro das Obras Públicas, Transportes e Comunicações Prof. Doutor António Augusto da Ascenção Mendonça

Ministra do Ambiente e do Ordenamento do Território Engª. Dulce dos Prazeres Fidalgo Álvaro Pássaro

Ministra do Trabalho e da Solidariedade Social Drª. Maria Helena dos Santos André

Ministra da Saúde Drª. Ana Maria Teodoro Jorge

Ministra da Educação Drª. Isabel Alçada (Maria Isabel Girão de Melo Veiga Vilar)

Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior Prof. Doutor José Mariano Rebelo Pires Gago

Ministra da Cultura Drª. Maria Gabriela da Silveira Ferreira Canavilhas

Ministro dos Assuntos Parlamentares Dr. Jorge Lacão Costa

Secretário de Estado da Presidência do Conselho de Ministros Dr. João Tiago Valente Almeida da Silveira

21
Out09

Saramago insiste nas ofensas! Porque não descansa também?

Pedro Quartin Graça

"Deus é vingativo e má pessoa" afirmou o Nobel português num encontro com a imprensa em que José Saramago reiterou: “O Deus da Bíblia não é de fiar: é vingativo e má pessoa.” 

E acrescentou: “Antes da criação do Universo, que se saiba, Deus nada fez. Depois, fez o Universo em seis dias e nota-se, como diz a minha mulher, Pilar. Ao sétimo dia descansou e continua a descansar até hoje.”

Um conselho a Saramago: aproveite e descanse também, mas faça um descanso bastante prolongado e poupe-nos ao chorrilho de asneiras que persiste em dizer com objectivos meramente materiais.

Pág. 1/9

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Publicidade

RSS Feedburner

Subscribe in a reader

Publicidade

Links

_EM DESTAQUE

_RISCOS ASSUMIDOS

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D